br777 slots -A Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da Assembléia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) está a

Deputadas estaduais pbr777 slots -lanejam relatório técnico para solicitar

A Comissão de Educação,óriotébr777 slots - Ciência e Tecnologia da Assembléia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) está a preparar um relatório técnico detalhado com todos os impactos que a corrida Stock Car poderá provocar à Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). A competição está prevista para acontecer em agosto deste ano, em Belo Horizonte.

Continua após a publicidade

O documento poderá balizar um pedido de mudança de local da prova, que será realizada no entorno do Mineirão, na região da Pampulha, área que pertence à universidade. O motivo é que a corrida será realizada próxima ao Biotério Central, onde se encontram ratos e camundongos usados em estudos científicos de cerca de 100 pesquisadores da UFMG.

O risco de impacto ao biotério foi constatado pelas deputadas estaduais Beatriz Cerqueira (PT), presidenta da comissão, e Bella Gonçalves (PSOL), na quinta-feira (21), em visita técnica ao campus liderada pela professora Adriana Abalen, coordenadora do Biotério Central, e pelo pró-reitor de pesquisa, Fernando Reis.

Segundo Abalen, os animais não suportarão o barulho e a vibração, de 110 decibéis, provocados pelos motores dos carros.

Impactos

A estrutura do Biotério é uma das maiores do país e dá suporte a estudos para o desenvolvimento de vacinas, mediadores inflamatórios de doenças e investigações sobre dependência química, remédios e tratamentos para diversas doenças, como a covid, dengue, malária, leishmaniose, hanseníase, Alzheimer e vários tipos de câncer.

O espaço, segundo a UFMG, também atende demandas de instituições como a Fiocruz Minas, a Fundação Ezequiel Dias e as universidades federais de Ouro Preto, Alfenas e Viçosa. Outros estados também utilizam a estrutura da federal de Minas, como as universidades federais do Mato Grosso do Sul e do Paraná, a Fiocruz com sede no Rio de Janeiro e o Centro Nacional de Pesquisa em Energias e Materiais (CNPEM).

A universidade também pontua que outros espaços serão afetados pela Stock Car, como o Hospital Veterinário, a Estação Ecológica, o Centro Esportivo Universitário e uma clínica da Faculdade de Odontologia.

“Saio daqui com a seguinte pergunta: o que queremos para a cidade? Uma corrida de carros ou uma estrutura fundamental para o avanço de pesquisas em vários campos?”, questionou a deputada Beatriz Cerqueira após a visita.

Bella Gonçalves pontua que o retorno financeiro gerado pela corrida não se compara aos benefícios duradouros que a pesquisa científica produz. Para ela, o município deveria se preparar para ser um polo de geração de ciência e tecnologia no campo da saúde, o que demandaria mais comprometimento com a valorização de estruturas como a do Biotério Central.

Fonte: BdF Minas Gerais

Edição: Leonardo Fernandes


Relacionadas

  • Professores de universidades federais anunciam greve a partir de 15 de abril

  • Conselho Municipal de Meio Ambiente aprova derrubada de 63 árvores para corrida Stock Car em Belo Horizonte

  • Para MST, &39;é importante a luta para ampliar as universidades e os Institutos Federais&39;

Outras notícias

  • Carroceiros temem pobreza com plano para substituir veículos de tração animal em Belo Horizonte

  • CPI em Uberlândia investiga apagões e aponta problemas na gestão da Cemig indicada por Zema

  • Onda de calor e mudanças climáticas: o que a mineração tem a ver com isso?

BdF

  • Quem Somos

  • Parceiros

  • Publicidade

  • Contato

  • Newsletters

  • Política de Privacidade

Redes sociais:


Todos os conteúdos de produção exclusiva e de autoria editorial do Brasil de Fato podem ser reproduzidos, desde que não sejam alterados e que se deem os devidos créditos.

Visitantes, por favor deixem um comentário::

© 2024.sitemap